7.2.11

A mesma pergunta de sempre: Como é que te sentes agora com 21 anos?
Ok, ainda não perceberam? É exactamente igual.. ou será que não?
Agora que penso nisto, depois de uma noite animada, com os de sempre, vejo que se calhar não é assim tão igual. As pessoas são outras na sua maioria, a verdade é que ao mesmo tempo estão as mesmas também.
Com 21, sinto que me considero mais mulher, mais senhora do seu nariz, mais "pessoa". E isto deixa-me completamente feliz. Concluo que o que não nos mata, torna-nos mais fortes. E gosto, é bom saber que depois de tudo o que passei, posso afirmar que: nada foi em vão, tudo me fez crescer. Agora é mais bola prá frente, quem cá está é quem devia estar, e só quem está e quer estar é que faz falta. Tenho a agradecer a várias pessoas, mas sem dúvida, que há alguém que merece mais que todas as outras. Esse alguém esteve comigo quando tudo estava contra, esse alguém falou comigo sempre que precisei, esteve e está sempre lá, defende-me e sei que embora não mostre ele gosta de mim. Esse alguém é o melhor amigo que se pode ter. Obrigada por seres quem és, por enfrentares os outros, por acreditares em mim, por seres meu amigo. Sim, estou a ser lamechas, e logo ele que não gosta nada disso. Mas tinha de o dizer... Obrigada Élsio :)

E pronto, é assim... Estou com 21 anos, e continuo a mesma lamechinhas de sempre (e gosto).

1 comentário:

*Mariana Rodrigues disse...

=) "Só está quem deveria estar" =D*

Ti amo! Agora que tens 21 já podes ir aos EUA e beber! LOOL